Como melhorar a gestão de riscos de ESG?

por | jan 6, 2022 | Categoria Gestão de Riscos | 0 Comentários

Nos últimos anos, a sigla ESG, do termo em inglês Environmental, Social and Governance (Ambiental, Social e Governança, em português), vem se destacando no mercado e ganhando cada vez mais holofotes no mundo inteiro.

O movimento é legítimo, uma vez que as questões ambientais e sociais passaram a ser consideradas nas análises de riscos e de investimentos. Assim, se antes as empresas apresentavam outras prioridades, atualmente precisam olhar com cuidado para esses assuntos se quiserem garantir o desenvolvimento sustentável do negócio.

 

Afinal, o que é ESG?

Na prática, o termo é usado para determinar o quanto uma empresa atua na redução de seus impactos no meio ambiente e, consequentemente, o quanto ela atua de maneira sustentável.

Muito além da adoção de boas práticas administrativas, o ESG pode ser dividido em três elementos:

  • Environmental (ambiental): a primeira letra da sigla se refere às práticas de conservação do meio ambiente. Ou seja, a atuação da empresa em relação a determinados assuntos, como a poluição, aquecimento global, emissão de carbono, entre outros.
  • Social: como o próprio nome sugere, o fator social tem relação com a maneira como a empresa lida com seus stakeholders – público interno, externo e com a comunidade do seu entorno. Isso inclui, por exemplo, o armazenamento de dados, atuação em pautas de diversidade, engajamento da equipe, respeito à legislação trabalhista vigente e muito mais.
  • Governance (governança): a governança, por sua vez, está relacionada à administração como um todo – conduta corporativa, criação e manutenção de canal de denúncias, entre outras pautas.

Com o avanço da tecnologia e a mudança na forma de consumo, houve uma popularização e valorização de negócios que respeitam o meio ambiente, as pessoas e uma boa gestão. Assim, o ESG tem se destacado no mercado e atuado de forma direta na gestão de riscos de empresas de todos os portes.

 

Como fazer uma boa gestão de riscos de ESG?

Enquanto a maioria das empresas tem um mapeamento completo de riscos operacionais e ativos, companhias com soluções para as melhores práticas ambientais, sociais e de governança têm se destacado no mercado.

Muito embora seja difícil prever eventos como pandemias e violações de conduta, é importante ter consciência e entender os impactos causados pelas atividades econômicas. Dessa forma é possível determinar formas de eliminar ou minimizar esses riscos sem reduzir o resultado financeiro, mantendo a perenidade dos negócios e o crescimento sustentável.

De um modo geral, o processo de gestão de riscos de ESG é semelhante a qualquer outro, com informações e ferramentas analíticas um pouco diferentes, é claro.

Nesse sentido, o primeiro passo na gestão de riscos ESG é identificar todos os possíveis riscos internos ou externos, com base em uma perspectiva de criação, mitigação ou resposta. Mas, afinal, o que considerar?

Riscos ambientais

Gerenciamento de materiais perigosos ou elementos químicos, emissões de substâncias tóxicas, terrorismo, ataques cibernéticos nas redes e no acesso aos dados, entre outros.

Riscos sociais

Violações de segurança ou problemas de qualidade do produto, violação dos direitos humanos, assédio ou redução na manutenção de ativos e de pessoal, por exemplo.

Riscos governamentais

Com base nos princípios e processos corporativos, inclui os valores e políticas da empresa, processos internos, documentação e supervisão, além de documentações e incidentes de segurança e contaminação de alimentos.

É importante notar que os elementos acima são apenas balizadores, uma vez que nem todos os riscos ESG são iguais e podem variar muito conforme a atividade da companhia.

Por isso, antes de mais nada, é importante que sejam avaliados criteriosamente de forma individual, levando em consideração a probabilidade e gravidade, bem como as características, causas e, por fim, o impacto. Dessa forma, é possível catalogar os riscos como críticos, vitais ou secundários.

Há, atualmente, diferentes métodos para realizar ou melhorar a gestão de riscos de ESG. Em todos eles, é importante criar planos e documentar procedimentos capazes de minimizar os possíveis eventos de risco ESG.

Nesse sentido, a tecnologia pode ser uma grande aliada, especialmente porque novos riscos surgem diariamente, de modo que o processo e a monitoria devem ser contínuos. Ou seja, os documentos devem ser revisados e atualizados com frequência para considerar quaisquer mudanças nos riscos enfrentados.

Uma boa dica para fazer isso de forma integrada e colaborativa, é por meio de ferramentas e softwares que garantem a padronização de critérios de avaliação de riscos e controle dos indicadores. É o caso da plataforma Perinity, que atua com foco no gerenciamento de riscos.

LEIA MAIS: Use a tecnologia para aumentar a excelência da gestão de riscos corporativos

Por fim, é inegável o papel que o planejamento ESG e a boa governança têm na gestão dos negócios. Assim, adotar boas práticas, que sejam eficazes de fato, além de ferramentas centrais, conferem às empresas um novo olhar e um mundo de possibilidades.

 

Conheça as soluções da Perinity

Há quase duas décadas no mercado, a Perinity oferece soluções focadas em gerenciamento de riscos. Sua plataforma SaaS modular atende empresas de diferentes segmentos e portes, inclusive de alcance global.

Com agilidade de implantação, a solução possui uma base centralizada de dados, automação de cobranças e follow ups, dashboard central para melhor gerenciamento de indicadores, emissão de diversos tipos de relatórios e gráficos, entre outros recursos.

A plataforma da Perinity inclui módulos para gestão de riscos corporativos, de auditoria, gestão de políticas, compliance, controles internos e business resiliency.

Entre os clientes que fazem uso da solução da Perinity estão Carrefour, Randon, Rodobens, Embraer, Unimed, Edenred entre outros.

Controles Internos

Estabeleça Controles, Monitore-os com facilidade e agregue mais eficiência a gestão do seu negócio dentro da Plataforma Perinity. +Saiba mais

Business Resiliency

Gerencie os Riscos Críticos e garanta a continuidade da sua operação de forma sustentável e caso necessário, acione seus Planos de Recuperação de Desastres com maior facilidade. +Saiba mais

Gestão de Riscos

Gerencie riscos de forma integrada e colaborativa, padronize critérios de avaliação de riscos e controle seus indicadores de maneira eficaz. É fácil com a Perinity. +Saiba mais

Gestão de Políticas

Gerencie suas políticas Internas de modo centralizado e divulgue-as de modo simples, garantindo a ciência de todos e reduzindo riscos para a sua organização. +Saiba mais

Auditoria Interna

Gerencie de forma estruturada, padronizada e centralizada a execução dos trabalhos de auditoria, do planejamento ao relatório final. Independente da complexidade, escala e acesso. +Saiba mais

Compliance

Gerencie de forma descomplicada e efetiva suas obrigações regulatórias, com automação das notificações, gestão dos responsáveis e clareza das obrigações assumidas. +Saiba mais

Control Self Assessment

Gerencie a criação de documentos e políticas de modo 100% eletrônico, com workflow pré-definido. Agilize e facilite o trâmite de documentos eletronicamente dentro da Plataforma Perinity. +Saiba mais

Participe de
nossos webinars

 

Analise o cenário atual e verifique que muitas empresas precisam melhorar o seu desempenho operacional, além de conhecer cases de sucesso. Participe dos nossos webinars, é gratuito!